sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Lição para Noite Familiar: Ganhando Experiência



Semanalmente vou postar aqui algumas sugestões para a Noite Familiar que farei em casa, espero que seja útil pra vocês também!

Para quem não sabe o que é Reunião Familiar ou Noite Familiar clique
aqui para uma breve explicação.

Confira a lição para Noite Familiar desta semana conforme proposto no título do post!


Ganhando Experiência

Discurso da Conferência:

Para mais informações sobre este tópico leia "Experiências Especiais” por Ronald A. Rasband, Conferência Geral, Abril de 2008.

Pensamento:

"À medida que as experiências se acumulam em nossa vida, elas fortalecem e apóiam umas às outras. Assim como os blocos de cimento em nossa casa sustentam o restante da estrutura, também nossas experiências pessoais tornam-se blocos de sustentação para nosso testemunho e aumentam nossa fé em Jesus Cristo." (Ronald A. Rasband, "Experiências Especiais" - Conferência Geral, Abril de 2008).

Música:

O Sábio e o Tolo, "Músicas para Crianças".

Escritura:

“E se fores lançado na cova ou nas mãos de assassinos e receberes sentença de morte; se fores lançado no abismo; se vagas encapeladas conspirarem contra ti; se ventos furiosos se tornarem teus inimigos; se os céus se cobrirem de escuridão e todos os elementos se unirem para obstruir o caminho; e, acima de tudo, se as próprias mandíbulas do inferno escancararem a boca para tragar-te, sabe, meu filho, que todas essas coisas te servirão de experiência e serão para o teu bem.” (Doutrina e Convênios 122:7)

Lição:

1. Divida a família em dois grupos. As crianças pequenas devem ser colocadas junto com as maiores.

2. Explique que a família que eles terão três minutos para fazer uma lista de coisas que são inúteis se não tiverem outra coisa. Dê-lhes os seguintes exemplos: A lâmpada é inútil sem energia elétrica; a caneta é inútil sem a tinta; o carro é inútil sem o combustível.

3. Quando o tempo acabar, cada grupo deverá compartilhar o que eles escreveram. Eles ganharam um ponto por cada idéia e um ponto extra se o outro grupo não teve a mesma idéia.

4. Explique a família que existem muitas coisas no evangelho que são inúteis sem outras coisas. Usando a lista abaixo, cada grupo deve preencher o máximo de frases que eles conseguirem. Eles terão trinta segundos para cada frase.

5. Quando o tempo acabar, cada grupo deve compartilhar o que escreveu e explicar como a palavra encontrada torna a outra útil. Eles ganharam um ponto por cada frase preenchida e um ponto extra se outro grupo não respondeu.

6. Explique a família que, o mais importante de tudo é que, nós somos inúteis sem o Pai Celestial e todas as coisas que Ele nos deu. Nós devemos reconhecer as mãos de Deus em nossas vidas e agradecê-Lo pela sua ajuda e pelas oportunidades que nós tempos de crescer e desenvolver nossos testemunhos.

Frases para atividade:

O corpo é inútil sem _____________.

As escrituras são inúteis sem _____________.

A morte é inútil sem _____________.

Um líder é inútil sem _____________.

O sacerdócio é inútil sem _____________.

O arrependimento é inútil sem _____________.

A ressurreição é inútil sem _____________.

Um profeta é inútil sem _____________.

Uma benção é inútil sem _____________.

Fé é inútil sem _____________.

Uma família é inútil sem _____________.

Batismo é inútil sem _____________.

O casamento no templo é inútil sem _____________.

Você é inútil sem _____________.

(Allan K. Burgess and Max H. Molgard, The Best of Fun for Family Night, [Salt Lake City: Deseret Book, 2003], p. 49-50.)

História:

A família Lee amava o evangelho. Eles aprenderam a escutar sempre aos sussurros do Espírito. Várias vezes isto salvou a vida de Harold.

Um dia Harold estava de pé em frente a uma porta aberta vendo uma forte tempestade. Os relâmpagos e trovões pariam estar muito próximos. De repente, sua mãe lhe deu um empurrão que o derrubou no chão. No mesmo instante um raio desceu pela chaminé, atravessando a sala e saindo pela porta aberta. Se Harold ainda estivesse ali, o raio poderia tê-lo matado.

Harold era apenas um pequeno menino quando ele teve sua primeira experiência pessoal ao escutar e obedecer à voz do Espírito. Um dia ele estava brincado fora da casa, enquanto seu pai estava ocupado com trabalhos agrícolas. Harold viu alguns prédios antigos do lado de lá da cerca do vizinho e decidiu ir lá brincar. Ele queria brincar fingindo que os prédios eram antigos castelos para explorar. Quando ele começou a subir por cima da cerca ouviu muito claramente uma voz dizendo, “Harold, não vá para lá.” Pensando que seria a voz de seu pai, ele olhou em volta, mas não viu ninguém. Então ele percebeu que ele estava sendo avisado do perigo invisível e decidiu voltar para seu próprio quintal.

Quando Harold tinha oito anos, sua mãe lhe pediu para ir a despensa buscar uma lata de soda, para que ela pudesse fazer sabão. A prateleira era alta e a lata escorregou de suas mãos derrubando a soda sobre ele. Sua mãe o agarrou rapidamente para que ele não corresse. Abriu rapidamente um pote grande de beterraba em conserva e derramou taça após taça de vinagre vermelho em cima dele. O vinagre neutralizou a soda e ele não se queimou.

Em sua adolescência, Harold cortou uma artéria com uma garrafa quebrada em quanto trabalha no campo. Sua mãe foi capaz de parar o sangramento, mas o corte poderia virar uma infecção, então ela queimou um pano limpo, abriu o ferimento e com muito cuidado esfregou as cinzas. O ferimento cicatrizou rapidamente.

Uma noite a mãe de Harold pediu a seu pai que fosse encontrá-lo. Ela sentia que algo estava errado, e ela estava certa. O cavalo de Harold o tinha jogado no córrego. Ele estava ferido e molhado, mas sem ferimentos.

(Lynda Cory Robison, Boys Who Became Prophets, [Salt Lake City: Deseret Book, 1982], p. 62-3.)

Atividade:

“A Busca Secreta”

Esconda um objeto em algum lugar enquanto todos estão com os olhos fechados.

Diga qual é o objeto e todos tem que procurá-lo.

Quando alguém achar o objeto, ao invés de dizer algo, tem que manter segredo, deixar o objeto onde ele está e sentar-se. Conforme as pessoas encontram o objeto elas não dizem nada e vão se sentar.

As pessoas procurando devem observar quem foi se sentar para ajudá-los a encontrar o objeto.

A última pessoa a encontrar o objeto escondido perde o jogo.

(George and Jeane Chipman, Games! Games! Games!, [Salt Lake City: Shadow Mountain, 1983], p. 39-40.)

Explique que cada pessoa precisa ganhar seu testemunho por suas próprias experiências. Ninguém pode “encontrar” a verdade por você.

Lanche:

Torta Deliciosa

Rendimento: 5 porções

Ingredientes

2 unidades de ovo
1 xícara de chá de óleo
1 xícara de chá de leite
10 colheres de sopa de farinha de trigo
½ xícara de chá de parmesão ralado
1 colher de sopa de fermento químico em pó
Sal a gosto

Modo de Preparo

Bata tudo no liquidificador até obter uma massa mole. Coloque metade em fôrma untada e recheie com os ingredientes de sua preferência (presunto, carne moída, queijo, frango, etc.). Cubra com o restante da massa e asse em forno a 170°c.
Deixe assar até que doure e até que ao enfiar um palito o mesmo saia limpo.
Sirva-se e se delicie!

Espero que tenham gostado desse post e que possamos ter uma noite familiar maravilhosa!



2 comentários:

Flávia Cançado disse...

Amei! Vou fazer nossa próxima reunião familiar sobre "A importância da Noite Familiar"
Bjos

2 de dezembro de 2008 08:52
Rebeca Romcy disse...

Adorei a ideia... Vou fazer aqui em casa...Beijos!
Rebeca

12 de janeiro de 2009 17:19